Uma análise a resolução ANAC nº 400/2016